Sábado, 1 de Outubro de 2005

O Eclipse

Hoje tenho uma história que eu considero lindissima,é a prova que não há amor impossivel, e que vale a pena todo o esforço para se viver esse amor, mesmo que ele dure só um instante.
</p>Porque Deus está nos detalhes...
</p>Um beijo para todos


eclipse.jpg
</p>Quando o Sol e a Lua se encontraram pela primeira vez, apaixonaram-se perdidamente e apartir dai começaram a viver um grande Amor.</p>Acontece que o Mundo ainda não existia e no dia em que Deus resolveu cria-lo, deu-lhes então o toque final... o brilho!</p>Ficou decidido que o Sol iluminaria o dia e que a Lua iluminaria a noite, sendo assim obrigados a viver separados.</p>Abateu-se sobre eles uma grande tristeza quando tomaram conhecimento que nunca mais se encontrariam.A Lua foi ficando cada vez mais amargurada, mesmo com o brilho que Deus lhe tinha dado, ela foi-se tornando solitária. O Sol por sua vez tinha ganho um titulo de nobreza "ASTRO REI", mas isso não o fez feliz.</p> Deus então chamou-os e explicou-lhes:
- Vocês não devem ficar tristes, ambos agora possuem um brilho próprio.
Tu Lua, iluminarás as noites frias e quentes, encantarás os enamorados e serás diversas vezes motivo de poesias.</p> Quanto a ti Sol,sustentarás esse titulo porque serás o mais importante dos astros, iluminarás a terra durante o dia,fornecerás calor para o ser humano e a tua simples presença fará as pessoas mais felizes.</p>A Lua entristeceu-se muito com o seu terrivel destino e chorou dias a fio...
Já o Sol ao vê-la sofrer tanto, decidiu que não poderia deixar-se abater pois teria que dar-lhe forças e ajudá-la a aceitar o havia sido decidido por Deus.</p>No entanto a sua preocupação era tão grande que resolveu fazer um pedido a Ele:
- Senhor ajude a Lua por favor,ela é mais frágil do que eu e não suportará a solidão...
E Deus na sua imensa bondade criou as estrelas para fazer companhia a ela.</p> A Lua sempre que está muito triste, recorre ás estrelas que fazem tudo para consolá-la,mas nem sempre conseguem.
Hoje eles vivem assim...separados, o Sol finge que é feliz, a Lua não consegue esconder que é triste.
O Sol ainda arde de paixão pela Lua e ela ainda vive na escuridão da saudade.</p>Dizem que a ordem de Deus era para a Lua ser sempre cheia e luminosa, mas ela não consegue isso...porque ela é mulher... e uma mulher tem fases.
Quando feliz consegue ser cheia, quando infeliz é minguante e quase é impossivel ver o seu brilho.</p> A Lua e o Sol seguem o seu destino,ele solitário mas forte, ela acompanhada das estrelas, mas fraca.
</p>Acontece que Deus decidiu que nenhum Amor nesse mundo seria de todo impossivel, nem mesmo o da Lua e do Sol...e por isso criou o eclipse!</p>Hoje o Sol e a Lua vivem á espera desse instante, desses raros momentos que lhe foram concedidos e que custam tanto a acontecer.</p> De hoje em diante, quando ollhares para o céu e vires o Sol a encobrir a Lua, é porque ele deitou-se sobre ela e começaram a amar-se, e ao acto desse amor deu-se o nome de eclipse.O brilho do êxtase deles é tão grande que aconselha-se a não olhar para o céu nesse momento, pois os teus ollhos poderão cegar por ver tanto amor...
publicado por Gina Geadas às 13:41
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Carlos a 23 de Novembro de 2005 às 07:06
cumplicidades...............
Há dias em que caminhamos apenas em busca de olhos.
Nada mais, nada menos do que olhos.
Olhos que se encontrem com os nossos.
Olhos que sejam capazes ainda de olhar
Olhar sem ver,
Olhar com mera e simples cumplicidade
Olhar sem desejar
Olhar por olhar,
Olhar para ver a alma do outro
E nela sentir
Todo o amor impossível de ser traduzido.

Há dias em que caminhamos, apenas em busca de olhos,
Um cruzar apenas
Algo assim que alimente
Que dê vida
Que à distância
Traga aquele clima de posse e intimidade.

Não precisamos de mãos que nos toquem
De bocas que nos beijem
De abraços que nos limitem
Precisamos apenas de olhos
Par de telas que traduzam
O filme exato
Original
E puro
Que há muito
Já não conseguimos mais viver.

Há dias assim,
Que parece que desejamos apenas o brilho do outro
Sem palavras
Sem sussurros
Sem gemidos.

Há dias que precisamos de encontros
Encontros sim
Não estes cansativos momentos de tédio
Que as pessoas insistem
Em chamar de relação.



De debora a 10 de Novembro de 2005 às 20:29
OI temos algumas coisas em comum o meu filme favorito foi a cidade dos anjos e adoro Paulo Coelho... bjinhos e visita-me sempre...


De alfa69 a 11 de Outubro de 2005 às 18:43
Nada é impossível, para isso existe o sonho, que transforma em realidade tudo aquilo que toca. Como a lua, como o sol, quando se tocam, num momento, em que a luz se eclipsa.


De Ilda Matos a 11 de Outubro de 2005 às 15:17
Pois é amiga... De facto não existem amores impossivéis o que se torna impossivél por vezes é fazer com que o amor dure para sempre, como tal o amor deve ser vivido intensamente e aproveitar cada instante, pois não sabemos quando pode terminar...Muitos beijinhos.Ilda


De meialua a 10 de Outubro de 2005 às 18:03
Conhecia a história. ela é realmente linda!
Beijinhos*


De Manefta a 5 de Outubro de 2005 às 00:41
Muito lindo. um grande beijinho e óptimo feriado


De Mestre a 3 de Outubro de 2005 às 18:37
Lindo texto.. Adorei mesmo. Sol e Lua. hhuumm
Parabéns


De ancanela a 2 de Outubro de 2005 às 13:35
depois desta história, em cada noite, fizeram-nos a todas, irmãs da lua, de certeza! saudade imensa, encontro perfeito*


De Anderson a 20 de Agosto de 2009 às 20:26
oi boa tarde, sei que nao devo falar isso aki, so que tenho esse costume, bom meu nome é Anderson tenho 17 anos moro na bahia estudo trabalho sou tecnico em informatica so pra voces terem uma ideia ou imagem sobre mim, ta pra evitar constrangimento ... sabe nao tenho muito amigos, tenho facilidade pra mim comunicar fazer amizades e tudo so que nao consigo confiar em ninguem queria saber como voces conseguem fazer isso com tamanha facilidade, a verdade e que tenho medo de me magoar, pelo que noto aqui você é demaiis..
queria um dia poder ser assim tão feliz sei que estou novo, tenho muita vida pela frente..
so que nao vejo a hora de tudo mudar, ganhar conselhos ser tudo diferente
é muito bom ver todo seu trabalho, seus gostos
cultura em fiim

andar com um amigo no escuro, é melhor que andar sozinho na luz. Helen Keller

me inspiro nisso, apartir do dia que o vi aquii *-*
vo guardar esse site em gestos palavras momentos..

memorias 20/08/09
email: andersonsurf15@hotmail.com


Comentar post

Sobre Mim...

pesquisar

 

Silêncios Recentes

familia

amo-te?

3 passarinhos

...

O Diamante

Par de Asas

Para-Olimpíadas

Uma marca na tábua

Quero ser um televisor...

O Colar

empresa

A Sabedoria da Borbole...

Silêncios Arquivados

Setembro 2017

Abril 2017

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO

subscrever feeds