Sábado, 17 de Setembro de 2005

A Inocência

"Um dia, fui inocente...e como todos nós, um dia também perdi essa inocência...
</p>Mas acredito que temos de deixar que toda a inocência floresça nos nossos corações para podermos ver como é bonita a felicidade que está nos momentos mais simples da Vida."</p>Um beijo para todos...

</p>

jpg33.jpg
</p>

Uma menina, diariamente vai e vem da sua escola.
</p>E apesar do mau tempo que se fazia sentir naquela manhã,ela fez o seu caminho, como de costume.
</p>Com o passar do tempo os ventos aumentaram,bem como os raios e os trovões.
</p>A mãe preocupada e pensando que a sua filha estaria com medo dos trovões, entrou no carro e foi em direção á escola
</p>Quando chegou avistou a sua filha andando,mas a cada relâmpago, a criança parava,olhava para cima e sorria.
</p>Outro e outro trovão, e após cada um, ela parava, olhava para cima, e sorria!
</p>Por fim, a menina entrou no carro, e a mãe curiosa perguntou:
-O que estavas a fazer? Porque olhavas para cima e sorrias a seguir a um trovão?
</p>A menina respondeu sorrindo:
- É que Deus não pára de me tirar fotografias!
publicado por Gina Geadas às 22:00
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De eduardo a 23 de Novembro de 2005 às 10:02
Olá! Após ter entrado pela primeira vez no teu blog, fui percorrendo com atenção. Sinceros parabéns pelo trabalho. Optei por comentar este trabalho por verificar que ninguém o havia feito. Merece mesmo um comentário, tal a singeleza do artigo. Quem me dera ser criança toda a vida.... O último post que publicas sobre os amigos, é elucidativo. Tenho uma opinião um pouco diferente. Conto pelos dedos de uma mão os amigos que tenho e que o são de verdade. Os restantes não passam de conhecidos, mesmo com dezenas de anos de convívio. É a lei natural da vida. Renovo os meus parabéns.


Comentar post

Sobre Mim...

pesquisar

 

Silêncios Recentes

...

O Diamante

Par de Asas

Para-Olimpíadas

Uma marca na tábua

Quero ser um televisor...

O Colar

empresa

A Sabedoria da Borbole...

Olá Jesus! É o Zé!

A Balança

Valor da Amizade

Silêncios Arquivados

Abril 2017

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO

subscrever feeds