Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2005

A Culpa

Acreditem no que vos digo...</br>
Não há sentimento pior que o Arrependimento e a Culpa.</p>Nos momentos de raiva cega, magoamos as pessoas que mais amamos, e muitas vezes já é tarde e não podemos curar a ferida que deixámos.</p> Quantos momentos de raiva vocês já tiveram?...</p>Momentos em que não se consegue parar e pensar nas nossas atitudes afim de evitar danos que por vezes, poderão ser irreversíveis...</p> Um beijo para todos


menino_roda_camiao.gif</p>


Era um belo dia de Sol, e um velho camionista chega a casa todo orgulhoso.
Chama a sua mulher para ver o lindo camião que comprou depois de longos e árduos 20 anos de trabalho.</p>Era o primeiro que conseguira comprar depois de tantos anos de esforço e estrada.</p>Apartir daquele dia, finalmente seria seu próprio patrão!</p>Ao chegar à porta de casa encontra o seu filho de 6 anos, martelando divertidamente a lataria do reluzente camião.</p>Irado e aos gritos pergunta ao filho o que está a fazer, e sem hesitar e completamente fora de si,martela impiedosamente as mãos do menino,que se põe a chorar desesperado sem entender o que estava a acontecer.</p>A mulher do camionista, corre em socorro do filho, mas pouco pode fazer.</p>Chorando junto ao menino, consegue trazer o marido á realidade, e juntos levam a criança ao hospital para tratar os ferimentos provocados.</p>Passadas várias horas de cirurgia, o médico desconsolado e muito abatido, chama os pais e informa que as dilacerações foram de grande extensão e que os dedos da criança tiveram que ser amputados.</p>Porém a criança era forte e resistira bem ao acto cirúrgico,devendo os pais aguarda-lo no quarto...</p>Ao acordar, o menino ainda sonolento esboçou um sorriso ao pai e disse:
- Pai, desculpa. Eu só queria arranjar o teu camião, como me ensinas-te no outro dia. Não te zangues comigo.</p>O pai enternecido e profundamente arrependido, deu um forte abraço no filho e disse:
-Isso já não tem qualquer importância. Não estou zangado contigo. Estou sim, arrependido de ter sido tão duro contigo, além disso o camião não se estragou.</p>Então o menino com os olhos radiantes perguntou:
- Quer dizer que não estás zangado comigo?</p> - Não, filho. Não estou . -respondeu o pai.</p>Ao que o menino pergunta:
- Pai, se estou perdoado...
Quando é que os meus dedinhos vão crescer de novo?...
publicado por Gina Geadas às 18:24
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre Mim...

pesquisar

 

Silêncios Recentes

familia

amo-te?

3 passarinhos

...

O Diamante

Par de Asas

Para-Olimpíadas

Uma marca na tábua

Quero ser um televisor...

O Colar

empresa

A Sabedoria da Borbole...

Silêncios Arquivados

Setembro 2017

Abril 2017

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO

subscrever feeds